Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

OS AMIGOS DE GASPAR

Por Eduardo Louro

 
O nosso Vítor Gaspar, ao contrário do que muitos de nós possamos pensar, tem amigos. Poderá não ter muitos por cá, um ou outro banqueiro, talvez o António Borges, e pouco mais, mas lá por Bruxelas tem alguns. Terá obrigatoriamente de ter alguns por lá, de outro modo não seria ministro das finanças. Todos sabemos que em Portugal se governa para os amigos, portanto ele tem que ter amigos e só podem estar por lá…

E até já ouvimos o senhor Schauble – o ministro das finanças alemão, com quem  partilha grande cumplicidade – dizer que, mais que seu amigo, é um verdadeiro admirador. A senhora Merkl, embora bem mais efusiva com Passos Coelho, também não esconde que o tem em boa conta.

Que um senhor belga chamado Paul de Grauwe, economista de renome e conselheiro de Durão Barroso, seja mais um dos seus amigos de Bruxelas não pode surpreender por aí além. É ele próprio a fazer questão de o salientar!

O que é de admirar é que este seu até agora desconhecido amigo lhe venha publicamente aconselhar calma. Calma nesta sua azáfama austeritária que está a destruir isto tudo! O que mais surpreende é que lhe venha chamar burro, com todas as letras e para todos nós ouvirmos. Diz-lhe claramente: meu caro amigo Vìtor, não leves a mal, mas só os burros insistem no mesmo erro. Se já viste no que isto dá, insistir é burrice!

Já tínhamos ouvido isto a toda a gente. Mas dos amigos do Dr Vítor Gaspar é que não esperávamos ouvir coisas destas. Pelo menos para já!

E já agora, alguém acredita que este amigo deste nosso inimigo, venha para cá dizer coisas destas (vale a pena ouvir tudo) sem que as tenha já dito na Comissão Europeia e ao Presidente, o nosso Durão Barroso, de que é conselheiro?

Pois é! Não se percebe nada disto, pois não?

Como diria o outro: ai percebe-se, percebe-se… Percebe-se que nada funciona, que a União Europeia já morreu, que os seus órgãos entraram em falência completa. Que só a Alemanha vive, não percebendo que também está já bem doente…

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics