Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

A novidade num jogo sem novidades

Resultado de imagem para benfica boavista

 

Grande ambiente de novo na Luz, com perto de 60 mil nas bancadas, para defrontar o Boavista, uma espécie de "bête noir" nestes últimos dois anos. Na memória de todos ainda estava aquele jogo da época passada, que ao fim de meia hora já o Benfica perdia por três a zero. Na de Varela estaria certamente aquele golo no Bessa, na primeira volta, na única derrota benfiquista, até ao momento, nesta Liga.

Deve começar por dizer-se que este jogo teve muito pouco a ver com o tal da época passada. O que de mais parecido teve foi mesmo a arbitragem que, sem ter a influência directa no resultado que teve a daquele jogo, não foi menos desastrada. A arbitragem de Tiago Martins foi má de mais, sempre em prejuízo do Benfica. E nem o VAR, mais uma vez e como vem sendo costume, lhe valeu.

O jogo teve uma novidade - Jonas. Foi novidade a sua presença na equipa, depois da lesão em Portimão, na semana passada. E foi novidade que, jogando, não tenha marcado. Não é normal Jonas ficar em branco. E ficou em branco porque, e isso já começa a ser normal, voltou a falhar um penalti. Coisa que evidentemente o marcou, a ponto de não ter conseguido estar perto de ser o jogador que é. Também não foi feliz, também não teve aquela pontinha de sorte, a ponto de até aquele terceiro golo, que bem poderia ter sido seu, ter acabado em auto-golo.

De resto, não teve grandes novidades. O mesmo futebol envolvente do Benfica, e os mesmos protagonistas: Cervi, Zivkovic, Grimaldo, André Almeida, Feja - sempre - e os centrais, Rúben e Jardel, de novo a abrirem a caixa dos golos.

O Benfica voltou a entrar bem, decidido. Passados os primeiros três minutos, que o Boavista aproveitou para pressionar onde quer que estivesse a bola, começaram a surgir as oportunidades de golo. Quando, aos 14 minutos, Cervi foi derrubado na área, e Jonas falhou o penalti que o Rúben 4 minutos depois faria esquecer, já o festival de oportunidades ia avançado. E quando o Jardel, já perto do fim da primeira parte, fez o segundo, já tinham ficado para trás dezenas de jogadas de ataque, meia dúzia de oportunidades, e um penalti (corte e atraso com a mão para o guarda-redes) por assinalar. Do lado do Boavista, nada. Nem uma imitação de remate.

A segunda parte foi diferente. É verdade. O Boavista fez três ou quatro. Um à baliza. Fraco, para as mãos do Varela.

E o Benfica passou por um pequeno período de menor acerto, ali pelos segundos 10 minutos. O resto, foi mais do mesmo. Mais uma série de belas jogadas de futebol, mais protagonismo dos mesmos, mais umas tantas oportunidades, e mais dois golos. O tal que o defesa do Boavista "roubou" ao Jonas e, já perto do fim, o quarto, do Raúl. Que já estava a jogar no lugar de Jonas para aí há um quarto de hora...

E lá está o Benfica de novo no topo. À condição, outra vez. A lembrar a asa do cântaro...

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics