Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Coisas indignas... e que nos indignam

Por Eduardo Louro

 

Não tiro um cabelo de uma claque para pôr noutra. Sejam do Benfica, do Sporting, do Porto,ou de qualquer dos outros, são todas iguais. Todas adoptam o mesmo comportamento e nem sequer importa quem atira a primeira pedra.

Não há côr, não há cântico, não há coreografia, não há magia que apague cartazes e tarjas irresponsáveis, ofensivos, obscenos e incendiários. Tochas, petardos e foguetes. Ofensas e arruaça... São indesejáveis nos estádios e nas suas imediações!

Dito isto, é inaceitável que um presidente justifique o corte de relações do seu clube com o rival com base no comportamento inqualificável da claque do rival, ignorando o mesmíssimo comportamento inqualificável da do seu clube. Que até atirou a primeira pedra, o que não é desculpa para nada... 

Dirigentes responsáveis, e dignos dos cargos que ocupam e da História dos dois maiores clubes portugueses, teriam de imediato condenado as acções das respectivas claques. A seguir, ter-se-iam sentado á mesma mesa á procura de responsabilidades e soluções, e logo depois surgiriam juntos numa conferência de imprensa a dar conta da iniciativa  e das medidas tomadas, já com os provocadores identificados e punidos com a expulsão do clube. Depois chegaria a vez da Federação e da Liga fazerem o que têm a fazer, deixando de se fazer de mortas, limitadas á comoda cobrança de uns milhares de euros em multas...

Mas não foi nada disso que aconteceu. Um, fez de conta que não se tinha passado nada. E outro aproveitou para atacar de imediato mais um degrau do seu projecto de poder. Não é por Bruno de Carvalho vir das claques que tomou a decisão que tomou. Nem sequer, como tantos outros, por fazer delas a sua guarda pretoriana. É porque Bruno de Carvalho precisa de um permanente estado de guerra, com o máximo de frentes abertas para, sejam lá quais forem os seus fins, consolidar (perpeptuar?) o seu poder no Sporting!

Já não tem mais frentes para abrir, está a esgotar a estratégia. Ou fecha uma - quiçá a frente norte - para logo depois voltar a poder abri-la, ou fechada - mal fechada como se sabe - que está a frente interna, não admirará que reabra a guerra civil com o Marco Silva! 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics