Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Contas fechadas nos grupos A e B

Pulisic decide e Estados Unidos eliminam Irã na Copa do Catar | Agência  Brasil

Abriu a terceira ronda da fase de grupos, para a começar a fechar. Às três selecções já apuradas, as únicas que não deixaram para o fim as contas do apuramento, juntaram-se hoje as das contas fechadas dos grupos A e B. 

No primeiro a Holanda voltou a ganhar, e pelo mesmo resultado (2-0) que já ganhara, na primeira jornada. Desta vez à fraquinha selecção da casa. E mesmo assim sem voltar a convencer ninguém. 

Acabou por ganhar o grupo - o mais fácil de todos - mas nem por isso deixa de constituir uma das maiores decepções deste mundial, aquela em que é maior o gap entre a expectativa à partida e a capacidade demonstrada.

Equador e Senegal discutiram entre si o segundo lugar na classificação, que haviam iniciado com resultados simétricos. Ganhou a selecção africana (2-1), cujo desempenho justificava a primeira posição no grupo. Foi a melhor, mesmo desfalcada de Sadio Mané, um dos melhores do mundo. Só não ganhou à Holanda, a quem havia sido bem superior, e não vai ser, nos oitavos de final, osso fácil de roer para a Inglaterra. 

Que, ganhando (3-0) a Gales, foi naturalmente a primeira do grupo B. Um grupo também sem grande dificuldade, onde só não ganhou aos Estados Unidos. Também apurados, depois da vitória (1-0) sobre o Irão, no que foi apenas um jogo de futebol. Com história, mas apenas a história do jogo.

A selecção americana, com um punhado de jogadores de muito boa qualidade, foi claramente superior ao Irão, com Taremi (que, em desespero ainda fez o seu número, no último dos 9 minutos de tempo extra), e pouco mais.

Os jogadores iraquianos voltaram a cantar o hino, neste jogo da despedida. Nem todos, é certo. E entre os que o cantaram, nem todos com o semblante de sentimento de outros tempos. Mas essa é a história que não agrada a Carlos Queiroz...

Os americanos mostraram como uma equipa pode ser agressiva sem ter que violar as regras do jogo e, acima de tudo, do desportivismo. Ou como um jogo de futebol nunca tem que ser uma guerra. E tiveram ainda tempo para desenhar umas quantas jogadas do melhor futebol que se pôde ver. A do golo - de Pulisic, o melhor da mão cheia de grandes jogadores de que dispõe, que se lesionou no lance, depois de chocar com o guarda redes já com a bola dentro da baliza - é de compêndio. A do golo anulado a Wheah, filho do antigo "melhor do mundo" que hoje é Presidente da República do seu país, a Libéria, onde o filho nunca poderia jogar um mundial, como ele não pôde, foi outra.

A Holanda não vai ter tarefa fácil. E se deixar de ter o rabo virado para a lua é bem possível que volte para casa já a seguir.

A Inglaterra, do meio campo para a frente, dispõe de um plantel extraordinário. O problema pode ser lá atrás. A ver vamos, e se calhar podemos já ver com o Senegal. Tem em Rice um jogador pendular nos equilíbrios. E em Kane um avançado de enorme categoria. Não marcou um único golo, e a equipa já leva nove, mas tem sido um playmaker assombroso. O resto é um naipe de desequilibradores onde o difícil é escolher entre Rashford (com 3 golos, hoje fez dois, está entre os melhores marcadores), Folden, Grealish, Bellingham, Saka, Sterling, Mount ou Phillips.

  

 

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics