Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Inglório

Resultado de imagem para benfica belenenses

 

Provavelmente chegou mesmo o momento que todos os benfiquistas temiam. O momento em que tudo poderia deixar de correr bem porque, todos o sabíamos, esse momento haveria inevitavelmente de chegar.

O jogo da passada quinta-feira, na Croácia, já tinha deixado perceber que esse momento poderia ter acabado de chegar.

O Belenenses é uma equipa difícil de bater, já se sabia. E isso era mais um dado a ter em conta no contexto desse momento. Desde o apito inicial dessa espécie de árbitro que é João Capela se percebeu que o Belenenses iria colocar muitas dificuldades ao Benfica. Que também mostrou que não estaria em grandes condições para as enfrentar, jogando com menos velocidade que a necessária, mostrando pouca eficácia no remate e no passe e acabando sempre a esbarrar na dupla barreira de cinco jogadores que o Belenenses encostava à sua área. Defendendo com todos os jogadores em cima da sua área, era no entanto com grande facilidade que saía para o ataque, deixando sempre no ar um tom de ameaça que não passava despercebido a ninguém.

Na primeira parte o Benfica não acertou com um único remate na baliza de Muriel. E sabendo da propensão do guarda-redes do Belenenses para, frente ao Benfica, defender tudo o que há para defender, não era garantido que, mesmo melhorando substancialmente a qualidade e a eficácia do seu jogo, fosse fácil marcar golos.

A boa entrada na segunda parte abriria no entanto outras expectativas. O golo apareceria logo aos 10 minutos, por Jonas. Um golo que só ele poderia marcar, numa nesga de relva. O Benfica prosseguiu essa boa reentrada no jogo, e oito minutos depois chegou ao segundo, num remate de Samaris, na ressaca de um canto. E em menos de 20 minutos, um jogo que estava muito difícil parecia resolvido.

Só que logo a seguir, e em apenas dois minutos, o Benfica ofereceu dois golos ao adversário de forma incrível. Primeiro, num livre inofensivo, Odysseas viu a bola a sair ao lado da sua baliza. Mas não ia, e acabou lá dentro. No minuto seguinte foi Rúben Dias que pensou que ia passar a bola ao guarda-redes, mas apenas a entregou a um adversário frente à baliza escancarada, que fez o empate.

E de repente, o Belenenses que tinha de finalmente sair lá de trás, sujeitando-se a ser goleado, via-se se novo empatado. E portanto, de novo na sua praia.

E o Benfica deixou fugir os dois pontos de vantagem que tanto tinham custado a conquistar. E esgotou a margem de erro que tinha...

De João Capela, nem vale a pena falar. Foi ele mesmo, alguém que não se percebe porque continua a arbitrar. E como o VAR é uma encomenda de alguns, não funciona para os outros. Hoje valeu tudo: penaltis por marcar, amarelos e vermelhos por mostrar. Tudo, que também explica os dois pontos perdidos, fazendo do Belenenses a bête noir do Benfica nesta época. Cinco pontos, em seis, roubados pelos azuis que já não usam a Cruz de Cristo ao peito.

19 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics