Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

João Lobo Antunes

Imagem relacionada

 

Um dia acordei com uma dor, suportável mas mas já suficiente incomodativa, por voltas do ombro esquerdo. Uma dor aguenta-se, e começamos sempre por achar que vai passar. Um qualquer mau jeito durante o sono, nada mais que isso... Não passou, e foi-se agravando. A ponto de se tornar insuportável, e numa noite sem  dormir.

O diagnóstico caseiro apontou logo para qualquer coisa de índole neurológica. E a decisão imediata de contactar com o Professor João Lobo Antunes. Já o conhecíamos, uns anos antes tinha-nos ajudado numa preocupante, mas felizmente sem consequências, paralesia facial da nossa filha mais velha.

A sua resposta foi pronta, e poucas horas depois recebia-me em consulta, com a competência de sempre e o seu trato único. A conclusão chegou rápida: "não tem qualquer problema neurológico. Coisa de ossos, talvez. Neurológico, não"!

Ligou de imediato a um colega ortopedista, que credenciou. A dor continuava insuportável e a maleita teria de ser tratada. Entregou-me - literalmente - ao colega, que procedeu ao diagnóstico, a requerer ntervenção cirúrgica.

A partir daqui já não entra o Professor Lobo antunes, a que regressei meses depois apenas para contar o resto da história. Já lá vai mais de uma dúzia de anos, e nunca mais voltei a encontrá-lo.

Fica o resto da história, que lhe contei.

Agendada a intervenção, partiu-se de imediato para uma ressonância magnética. Ao que percebi, não tanto para confirmar o diagnóstico mas para preparar a cirurgia.

O insólito surgiu quando regressei com a ressonância: "não tem aqui nada, eu mandei fazer a ressonância ao ombro esquerdo, e fizeram-na ao direito". Neguei. Garanti que tinha sido ao esquerdo. "Não pode ser. Vou consigo e vamos fazer outra".

Assim foi. Nada: também não era problema ortopédico. Nem ninguém fazia ideia do que fosse...

Depois aconteceu uma daquelas coisas tão frequentes: um lamento a um amigo, e ... "olha que eu também tinha uma dor, fui a um osteopata, fulano de tal, e ele resolveu-me o problema.

Lá fui, quando é assim vamos sempre... " Há aqui uma rotura na comunicação ente o músculo x e o y (não faço ideia dos nomes). Vamos tratar disso"! 

E tratou-se. Em três meses...

Obrigado Professor João Lobo Antunes. Até sempre!

      

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics