Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Mixed feelings

Benfica 'compra bilhete' para as meias-finais da Taça de Portugal em Guimarães

 

O Benfica iniciou hoje com sucesso, em Guimarães nos quartos-de-final da Taça de Portugal, aquele ciclo diabólico que estava reservado como presente de boas-vindas ao seu novo treinador. Nada mais, nada menos, que dois jogos consecutivos no berço da nacionalidade, com o Vitória Sport Club, outro com o Porto, em Braga nas meias-finais da Taça da Liga e, logo depois, a visita a Alvalade. Pelo meio, o jogo com o Boavista, na Luz, que é sempre duro…

Uma espécie de baptismo, com fogo em vez de água!

Já que coloco Bruno Lage no centro desta abertura, para caracterizar este jogo, recorro a um termo que já se percebeu que o treinador do Benfica usa com frequência: feelings. O terceiro jogo de Bruno Lage deixa-nos uma sensação de mixed feelings.

Não era, nem foi, um jogo fácil. E talvez isso talvez justifique esses sentimentos, mas o jogo mostrou-nos, na primeira meia hora, o Benfica de Bruno Lage, na segunda – abrangendo o último quarto de hora da primeira parte e o primeiro da segunda -, um Benfica híbrido, sem a exuberância do melhor que se lhe vira nos dois jogos anteriores, mas com a segurança aí revelada. Na terceira e última meia hora, o jogo acabou a mostrar um Benfica pouco distinto dos últimos jogos com Rui Vitória.

Valeu que a insegurança defensiva, que tanto tinha assustado no primeiro jogo de Bruno Lage, com o Rio Ave, esteve sempre afastada do jogo. Ou que a qualidade de jogo do Vitória tenha sido traída pela qualidade dos jogadores vitorianos…  

Repetindo, com alguma surpresa, a equipa dos Açores (de novo apenas Svilar, o dono da baliza na Taça), na primeira meia hora o Benfica jogou muito bem, com João Félix endiabrado, e todos os restantes jogadores em bom nível, mesmo com Seferovic uns furos abaixo. Ainda com Fejsa em campo a qualidade do jogo começou a cair mas, com a sua substituição por Samaris (um regresso que se saúda, mas não está, nem poderia estar, em condições de fazer melhor) ao intervalo, o Benfica foi perdendo progressivamente o controlo do jogo.

É certo que a vitória e o apuramento para as meias-finais nunca pareceram seriamente ameaçados. O Vitória não dispôs de uma única oportunidade de golo, mas na última meia hora mandou na partida e produziu muita quantidade de jogo. Com outra qualidade, as coisas ter-se-iam complicado!

Bruno Lage usou as substituições para poupar jogadores (Fejsa e Zivkovic) para a réplica de sexta-feira, e ficou apenas com uma para interferir no jogo. E foi já tarde, nos últimos 10 minutos, que a utilizou. Gedson (para o lugar de Pizzi) deveria ter entrado bem mais cedo!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics