Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Sebastianismo de taxi

Por Eduardo Louro

 

Sabe-se como nós, portugueses, somos muito dados ao messianismo, criamos mesmo uma versão portuguesa - o sebastianismo. Esperamos por D. Sebastião durante séculos, mas em vez do jovem rei, que deveria chegar numa manhã de nevoeiro cheio de pó do deserto, chegou-nos um menos jovem, desempoeirado e fresco que nem uma alface do interior da Beira. Por cá reinou durante 50 anos, transformando o país numa remota aldeia rural afastada do mundo e do futuro, onde nos manteve em cativeiro feitos prisioneiros da ignorância. Partiu, por obra e graça de uma cadeira que também se partiu, mas deixou marcas que não se apagam. O país saltou os muros da aldeia, abriu-se ao mundo e deixou entrar o futuro... Mas os prisioneiros deixaram-se ficar, fiéis à ignorância. Conhece-se hoje o fenómeno, chamam-lhe síndroma de Estocolmo!

E como orfãos procuraram novos Messias. Sem grande critério, sem grande exigência. Tudo tem servido... O José Gomes Ferreira, com programa de governo e tudo. E, claro, o Medina Carreira, o taxista a quem bastava uma hora de televisão para mudar o país...

Que depois de centenas de horas, em todas as estações e horários, desistiu. Não da Televisão, que paga bem, mas de mudar o país. Isso deixou agora para Pinto da Costa!

Falta-lhe sentido de oportunidade, esta não será a melhor altura para entregar a Pinto da Costa o que quer que seja. Mas sabe-se que o país sempre teve problemas de pontualidade, e nem por isso deixou de chegar aqui, a quase nove séculos de vida. Um taxista experimentado tem sempre por onde sair...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics