Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Será que os directórios continuam a ajudar as empresas a ser encontradas?

Muitas empresas ainda procuram os directórios para colocar o seu site na grande lista de empresas que cada um tem. A verdade é que há muito poucos directórios que o Google conta para o ranking de posições nas listagens de resultados.

Um dos grandes motivos para que o Google deixasse de contar com os directórios é que muitas empresas os usavam como fonte de links, usando e abusando deles com o mesmo título e descrição, gerando com isso muitas páginas de conteúdo duplicado. O que não acrescentava nada de relevante ao índice do Google.

O tráfego dos directórios caiu drasticamente quando esta actualização foi feita pelo Google e muitos deixaram simplesmente de existir. Exemplo disso foi o Directório do Sapo, um dos melhores de Portugal que encerrou a sua actividade.

Mas há resistentes, e esses são sem dúvida os melhores, pois só os melhores resistem. Um bom exemplo é o Dmoz, um diretório internacional, que é um dos mais antigos do mundo (nascido em 1998, quase antes de o próprio Google) e é controlado por voluntários que gerem os links.

Em Portugal temos o Infoisinfo Portugal uma comunidade de empresas e profissionais, que é um directório gratuito e que ainda ajuda muito as empresas a ter mais representatividade nos resultados do Google. Mas há regras, como ao colocar a sua empresa faze-lo de modo a que o título e descrição sejam únicos.

Em resumo: os directórios continuam a ser importantes para as empresas, mas agora tem de ser com mais informação. Ao registar a sua empresa num directório acrescente algo de novo, se não o fizer corre o risco de ser mais penalizado que beneficiado. E, claro, registe a sua empresa só nos melhores directórios de Portugal.

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics