Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Futebolês #67 CASA

Por Eduardo LouroVer imagem em tamanho real

 

O futebolês também tem casa. Talvez, como muitos portugueses – se a média, segundo o INE, é uma casa para 1,86 portugueses … – tenha até mais que uma. O Quinta Emenda não se importa nada de ser uma das suas casas!  

Tem a casa do disparate (que grande casa!), a casa da fruta – versão do futebolês, com sotaque nortenho, da casa de alterne – e tem a casa de Pinto da Costa, com acesso guiado pelas escutas que não contam para nada. E tem as casas: do Benfica e do Porto, espalhadas pelo país e até pelo mundo. O Sporting - sempre diferente - não lhes chama casas, chama-lhes núcleos sportinguistas! Mas, em futebolês, casa é mesmo para definir o lar da equipa, o seu ambiente aconchegado, o seu estádio. Onde joga, mas já não onde treina, agora que estão criadas as academias, os campus, os centros de estágio ou os centros de rendimento… Para todos os gostos!

A casa é assim, agora, como uma sala de visitas. Serve apenas para receber os seus pares, mesmo que na qualidade de adversários, e já não para viver o dia-a-dia. Onde, evidentemente, nos sentimos bem. Jogar em casa é e será sempre um privilégio! Por muito que o Sporting, que, como se sabe, tem aquela velha mania de que é diferente, pretenda contrariar isto!

Fica-se assim com a ideia que no futebol há uma enorme preocupação em receber bem: vive-se e trabalha-se noutro espaço para poupar a sala de visitas, para que esteja nas melhores condições e à altura das visitas. Para prestigiar a condição de anfitrião!

O Benfica recebe na Luz, na maior sala de visitas do país, na Catedral! E, para que esteja que nem um brinquinho quando recebe os seus adversários, passa-se para a outra banda, para o Campus do Seixal.

Será com a mesma ideia que o Sporting deixa Alvalade e a Alvaláxia e atravessa a ponte até à Academia de Alcochete? Não sei, não estou seguro que seja. Se fosse também não deixariam lá entrar aquela rapaziada da Juve Leo, que vira tudo do avesso. Penso mesmo que é por outra razão. O que o Sporting precisa de poupar é o relvado, para ver se aquilo se aguenta mais do que um mês. Quando lá instalarem um sintético – parece que é a única solução para terem um campo que aguente uma época – lá se vai a razão para poupar a sala de visitas… A não ser que o próximo presidente consiga pôr alguma ordem naquela rapaziada. Coisa que, fosse eu candidato, colocaria como primeira prioridade do meu manifesto eleitoral. Assim:

  • Primeira promessa – pôr a Juve Leo na ordem;
  • Segunda promessa – contratar Cruyff para director desportivo;
  • Terceira promessa – contratar o Pepe Guardiola para treinador;
  • Quarta promessa – contratar o Messi, o Iniesta, o Xavi, o Piqué, o Fabregas, o Nasri, o Fábio Coentrão, o Cristiano Ronaldo e o Ozil.

Bem sei que a primeira seria a mais difícil de cumprir, mas também seria a mais emblemática!

O Porto também deixa o seu Dragão e, como não pode ficar atrás, também atravessa o rio, para passar a semana no centro de estágio do Olival. Mas por outra razão: é que o Dragão, durante a semana, é necessário para sessões de formação de assistências a espectáculos de futebol. Em cânticos e no lançamento de bolas de golfe, isqueiros e outros objectos voadores para o relvado.

Uma actividade que começa já a dar os primeiros frutos. Depois da formação interna, e obtido o correspondente CAP de Formador, passaram a dar formação para fora.

A primeira fornada de formandos exibiu já as suas capacidades em Braga, no passado domingo. Onde está a nascer mais um expoente da arte de bem receber!

 

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics