Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Sem vergonha

capa Correio da Manhã

 

A falta de vergonha dá nisto. Andaram meses a fio a publicar e a explorar dados e informação privados, que sabiam obtidos de forma não só ilegítima como criminosa. Durante todo esse tempo tudo ia bem, o que difundiam era insuspeito e a fonte era inatacável. Hoje, o que era informação insuspeita é um "assalto", e a fonte é o "pirata dos mails". Hoje, o que difundiram é um crime, e a fonte um criminoso. Como se nada se tivesse passado. Sem um acto de contrição. Sem uma desculpa. Sem vergonha!

 

capa Jornal de Notícias

 

PUTICE não é PUT ICE

Resultado de imagem para putice

 

A notícia é que os jogadores da selecção do México, que se prepara para disputar o campeonato do mundo de futebol, na Rússia, foram fotografados em actividade noturna com mulheres que disso fazem forma de vida.

Ninguém deu muita importância à notícia, que nem fez o pleno nos diários desportivos. "A Bola" ignorou-a. "O Jogo" titulava "mexicanos em apuros". Já o "Record", nitidamente em modo de manha, a abrir a porta do lado, apimentava mais a coisa e escrevia "Herrera, Jimenez e Corona em fiesta picante". Para que, depois, o  "mano" Correio da Manha (sem til), com uma manha sem til nem limite, não pusesse gelo, mas fogo: "Atletas do Benfica e do FC Porto envolvidos em escândalos com prostitutas".

 

"Anda tudo doido"!

Capa do Correio da Manhã

 

Ora aí está. Não se faz a coisa por menos: Mário Centeno prá rua. Nem mais, nem menos - Mário Centeno vai ser constituído arguído e, para o Correio da Manha (sem til) o assunto até já foi discutido, tratado e arrumado com o primeiro-ministro, logo que isso aconteça, apresenta a demissão.

Se o ridículo matasse, estávamos livres destes apontamentos de loucura da nossa imprensa. Como não mata, pelo contrário, em Portugal até dá vida, lá temos nós de andar a levar com estas coisas. O homem pediu um bilhete para ele e outro para o filho para ir à bola... Mas o que é isto?

O esquizofrénico submundo da bola passou a exportar doideira para todo o lado. Anda tudo doido!

 

 

Excessos*

Imagem relacionada

 

Ainda estamos todos ressacados dos excessos dos últimos dias. Aquilo é que foi, não faltou nada. Foi até deitar fora. Foi o Papa, foi o Benfica, foi o Salvador … Foi a economia a crescer para além do imaginável … Foi os juros negativos, mais negativos que nunca, como se fossemos a Alemanha…

Uma bebedeira, é o que é. “Tá” tudo bêbado! Até Marcelo – olha quem? - já veio pedir juizinho. Por acaso não reparei se a língua se lhe enrolava, mas que é mesmo conversa de bêbados, lá isso é!

Andávamos nós nesta vida boémia quando o Correio da Manhã se lembrou de avisar que os excessos são perigosos, e às vezes correm mal. Para ilustrar a coisa, nada melhor que um ambiente de queima das fitas. Melhor ainda, um autocarro especialmente fretado para – já se vê – combater excessos.  De álcool, mas apenas ao volante.

Fê-lo à “Correio da Manhã”. Porque não sabe fazer de outra maneira. E porque lhe continuam a permitir que o faça dessa maneira. A divulgação de um vídeo de uma alegada violação de uma rapariga num autocarro da cidade do Porto, durante a Queima das Fitas, não é jornalismo. É falsa informação, é a receita manhosa para maximizar audiências que choca, frontal e violentamente, com a ética e a deontologia do jornalismo. É nojento. É repugnante.

Há jornais assim em todo o mundo. É verdade que sim, com mais ou menos exageros. Não há é gente que estivesse tão encantada, tão lá em cima, como nós estávamos…

Até parece um murro no estômago. Para quem ainda o tenha, evidentemente!

 

* Da minha crónica de hoje na Cister FM

 

Manhas

Capa do Correio da Manhã

 

Não sei, nem me interessa, se o idoso tomou viagra para tentar conseguir matar a mulher. Ou se tomou viagra, e depois tentou matar a mulher para, já despachado, sair a correr a desfrutar da sua nova condição de viúvo. Sei apenas que é mais um disparate, mais um título sem pés nem cabeça do manhoso CM: Cheio de Manha!

 

Capa do Jornal Negócios

 

Não sei a que "resposta do governo" se referem as parangonas, mas sei que as letras pequeninas que estão por baixo, que aqui o leitor conseguirá ler, dão conta do que de mais importante o senhor disse: "excedente da Alemanha é tão preocupante como as dívidas do sul". Mas sei que essa declaração não alimenta a manha. 

 Jornal de Negócios e Correio da Manhã: a mesma manha. E o mesmo dono. Certamente por acaso...

Jornalistas?

Por Eduardo Louro

Ferreira Fernandes, com a autoridade única que se lhe reconhece, volta a pôr o dedo na ferida de um certo jornalismo que por cá se faz. E grita que isto não se faz.

E não. Isto não se faz... Mas isto também não é jornalismo... É sargeta ... são esgotos a céu a aberto, onde chafurda gente indigna da carteira profissional que um dia lhe entregaram. Certamente por engano!

 

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics