Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Um conto de Verão

Por Eduardo Louro

 

Era uma vez um jogador de futebol... Foi mandado para casa e impedido de entrar nas instalações por ter forçado o seu clube a aceitar as condições de uma desejada transferência, recusando-se a treinar. Dois ou três dias depois foi ao “perdoa-me”, o reality show que, mais que um programa, é a própria razão de ser da televisão de um clube de futebol.  Pediu desculpas e fez renovadas promessas de amor e fidelidade.

Logo se percebeu o final feliz e que aquele era o preço que o senhor com cara de mau exigia ser pago. Era aquele, só aquele e não o outro de muitos milhões que o senhor da cara de mau anunciara com voz grossa … Depois havia ainda outro jogador de futebol que há muitos, muitos anos tinha seguido caminho idêntico, de quem o clube encantado se queria agora ver livre, mesmo pagando. E muito. Só que o amor deste jogador de futebol ao clube donde há muito tinha partido já não era o que tinha sido. Não tinha nada a ver com o amor pelo outro jurado, e não estava nada interessado em regressar tantos anos depois de rabinho entre as pernas.

Reflectiu, pensou melhor, e lá chegou à conclusão que não era assim tão mau. Sempre seria preferível regressar a onde teria garantido o lugar de estrela da companhia a andar por aí aos caídos, correndo o risco de não encontrar clube ou, encontrando-o, de não conseguir a jogar mais que uns poucos minutos em todo o ano. E como não perdia nada, o clube encantado continuaria a pagar-lhe tudo...veio.

Foi a apoteose. A chegada o aeroporto teve o encanto das mil e uma noites no regresso do filho pródigo, enquanto um pouco mais abaixo o senhor da  voz grossa, mas já sem cara de mau, saía em ombros pela porta 10 A. Lá bem ao fundo, no meio da equipa B, Slimani contemplava embevecido…

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics