Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

APENAS MAIS UM DIA?

Por Eduardo Louro 

 Danica representa simbolicamente a chegada da população mundial aos 7 mil milhões de pessoas

O dia de hoje – este dia 31 de Outubro de 2011 - nasceu lindo, cheio de sol e de promessas! O último de um Outubro que fugira do Outono porque quis ser Verão. Deixou-se apanhar já perto do fim e não resistiu a uns dias de chuva e vento, de temporal que fez das suas, de Norte a Sul. Roubando vidas a Norte e bens a Sul. Onde deixou de cabelos em pé centenas de turistas que, à procura do sol que ninguém nos consegue tirar, rumaram ao aeroporto de Faro destruído pelo temporal de há precisamente uma semana!

Também este último dia de Outubro, que nasceu lindo, vai ficando Outono. É o Outono a lembrar-lhe que o apanhou, que não vale a pena fugir-lhe porque é e será sempre seu!

Este não é apenas o dia em que Outubro se despede, um Outubro finalmente convencido que é Outono. É o dia em que, na proclamação simbólica da ONU, a Humanidade passa oficialmente a contar com 7 mil milhões de seres humanos. Um número esmagador, certamente mais impressionante se olharmos para trás: 300 milhões há 2 mil anos, ao tempo de Cristo e 2 mil milhões no final do primeiro quartel do século passado.

O ser humano 7 mil milhões, na simbologia da ONU, é uma menina que nasceu pouco depois da meia-noite em Manila, capital das Filipinas - no profundo terceiro mundo que alimenta a vida mas ainda mais a morte - e chama-se Danica May Camacho (na foto).

Eu esperava muito deste dia, confesso. Percebi que terei que esperar por amanhã, já Novembro, no dia de Pão por Deus!

 

Quando uns se calam...

A quinta emenda à constituição dos Estado Unidos da América reconhece aos americanos um direito fundamental: o de ficarem calados! E esse não é um direito menor, não senhor! É um dos mais importantes direitos de cidadania. Que o digam os que passaram por Guantânamo, que não eram cidadãos americanos…

A mim, que felizmente não passei por lá, não me apetece ficar calado. E por isso aqui estou!

Apareci por aqui através do Vila Forte (1), um blogue onde eu andava feliz e contente quando, mesmo não sendo americano, decidiu invocar o direito que a quinta emenda lhe confere: calar-se! Como a mim não me apetecia ficar calado… aqui estou. A solo, por enquanto!

Não é fácil nem difícil manter sozinho um blogue com um mínimo de interesse. É impossível! Por isso o Quinta Emenda só pode não ter o mínimo de interesse, apesar dos meus esforços. Não me obrigo a ter coisas novas todos os dias, mas tentarei que todos os dias se note que o autor passou por aqui. Nem que seja um simples gesto de picar o ponto, como a gente vê em algum funcionalismo público. E irei dar sequência a uma rubrica que vinha mantendo no Vila Forte: o Futebolês (2).

O Quinta Emenda nasce hoje!

Porquê hoje?

Porque é o day after do dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, do dia em que soubemos, pela mais alta voz regime, que o país não é sustentável? Porque é o dia de arranque do Campeonato Mundial de Futebol, o primeiro em África e o das intoleráveis vuvuzelas? Porque é um dia capicua, e eu gosto de capicuas como de pão com manteiga dos dois lados?

Por tudo isto e por nada disto. Porque hoje perdi um familiar que muito amo. Porque hoje se calou para sempre uma das vozes da minha vida…

 

(1) Tudo se mantém. Com uma excepção: deixei de fumar. Fiz bem! 

(2) Estão publicadas 30 edições disponíveis através de link aqui ao lado disponível dentro de dias. 

 

 

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics