Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Até quando?

 

Mais que o copo meio cheio - a Frente Nacional de Marine Le Pen não ganhou em nenhuma da 13 regiões -, ou o copo meio vazio - acabou com o bipartidarismo do sistema político em França, e tem já a expressão eleitoral do PS (28-29%) -, a segunda volta das eleições regionais francesas colocam-nos perante uma dramática interrogação: até quando?

Até quando,  continuará a ser possível mobilizar frentes comuns para barrar a extrema-direita?

Até quando resistirá o dique de protecção eleitoral criado para impedir expressões maioritárias fora do sistema?

Até quando a própria radicalização da direita francesa - bem evidente em Sarkozy por estes dias - resiste a não se confundir com o extremismo xenófobo, e a acabar integrada? 

Até quando será possível evitar que Marine Le Pen chegue à presidência da França?

 

 

O VOTO QUE PENALIZA

Por Eduardo Louro

                                                                      

Tem-se dito a torto e a direito que François Hollande não tem carisma, que não é um líder forte, ou mesmo que nem é líder nem é forte. Que não entusiasmou os franceses, nem será capaz de os arrastar atrás de si para fora do buraco, que por lá também é fundo.

Agora, eleições passadas, salienta-se o resultado apertado - 51,63 versus 48,37 – e faz-se graça com alguns trocadilhos, que mais não são que mais do mesmo.

Entre muitos, trocadilhos ou não, escolhi esta frase que encontrei aqui: Les partisens de Hollande convergent vers la Bastille pour célébrer la défaite de Sarkozy.

Está aqui muito do que é o estado da política por esta Europa fora. Sarkozy, foi inclusivamente, o único presidente, para além de Giscard D´Estaing, que não garantiu a reeleição. Em pouco tempo conseguiu esgotar-se e esgotar a paciência dos franceses, que ficaram fartos dele. Em Portugal passou-se o mesmo no ano passado. Muitos dos que festejaram com Passos Coelho festejaram a derrota de Sócrates, que já ninguém podia ver à frente. E as coisas apontam para que daqui a três anos suceda o mesmo com Passos Coelho.

Daqui a cinco anos poderá ser Hollande o odiado. A crise, os tempos que correm e as (não) respostas da União Europeia, também fazem destas coisas.

Vota-se para penalizar, não se vota para premiar soluções novas e mobilizadoras. Porque disso já não há!

ELEIÇÕES FRANCESAS

Por Eduardo Louro

 

Tudo em conformidade com as sondagens, nas eleições presidenciais francesas: Hollande à frente de Sarkozi e a extrema-direita de Marine Le Pen a continuar a engordar, com mais de 18% dos votos. Se assim continuar na segunda volta, o mordomo da Senhora Merkel falhará a reeleição e François Hollande - com 54% nas sondagens - será le nouveau President!

O que irá mudar?

Pela forma como, na campanha eleitoral, Hollande passou ao lado dos problemas – grandes, bem grandes – e pelas promessas irrealistas, mesmo demagógicas, que apresentou, diria que as expectativas não podem estar muito altas. Mas acredito que a Senhora Merkel tenha que pôr um anúncio à procura de novo mordomo…

SOLUÇÃO: TRATADO NOVO

 

 Por Eduardo Louro 

 Merkel e Sarkozy querem novo Tratado Europeu a 27 ou 17 (DE)

 

Merkel e Sarkozy almoçaram juntos e tomaram a decisão que o momento impõe: um novo tratado, com sanções automáticas à violação da meta do défice. Dada a urgência, o tratado deverá estar prontinho em Março próximo!

E pronto, já se conhece o resultado da tão aguardada cimeira de sexta-feira. E em discussão na cimeira que tudo iria resolver estará se o tratado será a 17 ou a 27. Ou se a obrigação do cumprimento do défice será inscrita nas constituições de cada país membro…

E tudo à volta continuará a arder… E a afundar, como no Titanic!

VISTAS CURTAS NA EUROPA

Por Eduardo Louro 

 

O mundo estava suspenso da cimeira europeia de domingo. O G20 tinha avisado que agora é que teria de ser, que nada mais poderia ser adiado!

Merkel e Sarkosy trataram de a matar à nascença! Marcando uma nova cimeira para a próxima quarta-feira – prática recorrente desta dupla - já ninguém percebe para que servirá a de domingo, que o Eurogrupo está neste momento a preparar. Talvez se perceba! Percebe-se que é a UE no seu ritmo próprio, a preparar a cimeira de domingo que irá preparar a de quarta-feira… À espera de milagres!

Mas não há milagres. Ao adiar o inadiável a França e a Alemanha continuam presas às suas vistas curtas. Querem fugir com o rabo dos seus bancos à seringa do hair cut da dívida grega. Não percebem que não vale a pena! Que, assim, apenas se aproximam mais e mais seringas. Cada vez com agulhas mais compridas e - quem sabe? – se já sem rabo para tanto!

Nesta altura do campeonato já não é só o mexilhão que se lixa. Lixam-se todos, vejam lá se percebem!

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics