Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Quinta Emenda

Tenho o direito de ficar calado. Mas não fico!

Ver o que está à vista

 

Mais uma exibição deplorável, a do início desta noite, em Vizela, bem na linha das que se vêm sucedendo. O que se passou hoje, não é diferente do que se passou há uma semana, na Trofa. Salvou-se o resultado, em ambos os jogos. Há uma semana, com o golo de André Almeida, no prolongamento; hoje, com o golo de Rafa, no último minuto. No minuto 8, que prolongava os sete de compensação, de que se não jogou no primeiro, e onde o treinador do Vizela ainda fez uma substituição, daquelas que são mesmo, e apenas, para "roubar" tempo ao jogo.
 
O futebol de Jorge Jesus está esgotado, e é hoje muito fácil de anular para qualquer adversário. Lento, repetitivo e sem intensidade. Passes para trás e para o lado, com o jogadores agarrados à relva como se fossem bonecos de uma mesa de matraquilhos. Sem presença na área, e sem linha de fundo, com os defesas adversários de cadeirinha, sempre de frente para a bola.
 
Foi assim toda a primeira parte, em que o Benfica rematou pela primeira vez à baliza já a primeira meia hora tinha ficado para trás. E já o Vizela tinha rematado uma serie de vezes. E, mesmo com alguns jogadores a soltarem-se um pouco mais dos varões a que estão agarrados, pouco diferente na segunda. É confrangedor ver a bola a circular entre os centrais e os médios centro, para trás e para o lado, com os jogadores da frente parados, a assistir impávidos e serenos. É confrangedor ver cantos e livres laterias sempre marcados da mesma forma, com os adversários sempre a saberem onde a bola vai cair, e a limitarem-se a esperar lá por ela.
 
Depois, claro. O tempo vai passando, os adversários vão constatando que o tigre é de papel, que não assusta ninguém. E acreditam, acreditam cada vez mais. Hoje os do Vizela acreditaram tanto que nesse último minuto quiseram sair para o ataque, como tinham acabado de fazer. Um deles escorregou e a bola ficou ali à mercê de Radonjic, que a meteu em Pizzi (ambos entrados na segunda parte, como ainda Gonçalo Ramos, Taraabt e Everton) na direita que, com a defsa vizelense em contra-pé, assistiu Rafa como só ele sabe.
 
Objectivamente, não tivesse sido aquela escorregadela, lá tinham ficado mais dois pontos. Coisa que, de resto, o Vizela fez por merecer.
 
O futebol do Benfica está em queda livre, e a desmobilizar os adeptos. Hoje o Vizela tinha mais adeptos nas bancadas que o Benfica. Nunca acontecia, em estádios que não os dos dois grandes rivais, ou o de Guimarães, os adeptos da casa superarem em os benfiquistas. Mas já está a acontecer. E isto deve querer dizer alguma coisa. Jorge Jesus não vê nada disso. Vê um campeonato competitivo, e os treinadores portugueses como os melhores do mundo. 
 
Esperemos que Rui Costa possa estar a ver outras coisas, em vez dessas. Que veja o rumo que o futebol da equipa tomou. Que veja o estado de forma da totalidade dos jogadores, em que apenas se salvam os centrais, e Rafa. Que veja como estão a ser queimados certos jogadores, e levados ao colo outros. E que veja como está em causa o futuro do Benfica com o que está a acontecer aos jogadores da formação. A continuar assim, em pouco tempo não há miúdos a quererem fazer a sua formação no Benfica. E os que lá estão vão querer ir embora depressa.
 
Que veja também as deploráveis conferências de empresa do mister. Como a de hoje. E que olhe para o calendário para ver como aquele produto esgotou há muito o seu prazo de prazo de validade.

11 comentários

Comentar post

Acompanhe-nos

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Mais sobre mim

foto do autor

Google Analytics